Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Bahia Por VEJA Correspondentes Política, negócios, urbanismo e outros temas e personagens baianos.

‘Hoje não vejo razão para fusão do DEM com PSDB’, diz ACM Neto

Assunto veio à tona durante a convenção estadual do DEM em São Paulo no fim de semana

Por Rodrigo Daniel Silva Atualizado em 29 abr 2019, 16h04 - Publicado em 29 abr 2019, 13h31

Presidente nacional do DEM e prefeito de Salvador, ACM Neto disse, nesta segunda-feira, 29, que não há motivo para uma fusão entre o seu partido e o PSDB, neste momento. O assunto foi levantado durante a convenção estadual do DEM de São Paulo no fim de semana.

“Hoje não vejo razão. Minha prioridade é garantir o crescimento do partido por um caminho de aumento das bases”, declarou ACM Neto a VEJA.

  • A ideia vem sendo gestada há algumas semanas e tem relação com a elevação do governador de São Paulo, João Doria, ao posto de principal liderança nacional do tucanato. Doria tem relações próximas com o DEM, partido do seu vice, Rodrigo Garcia, e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ).

    O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, afirmou que a fusão será tratada na convenção nacional do PSDB, que está prevista para acontecer em maio. “Não há nenhum preconceito em relação à fusão. Vamos avaliar qual será o programa do PSDB”, declarou o tucano, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

    Continua após a publicidade
    Publicidade