Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vlady Oliver envia à coluna um documento histórico: O MANIFESTO DO MARCOLA

AO POVO BRASILEIRO Em 12 de maio de 2006, durante a realização do maior ataque de nossa organização contra a polícia do Estado de São Paulo, tomamos a decisão firme de executar 45 opositores de nossos interesses imediatos. Não fugi de minhas responsabilidades. Em 1977 comecei minha carreira, com nove anos de idade, na Baixada […]

AO POVO BRASILEIRO

Em 12 de maio de 2006, durante a realização do maior ataque de nossa organização contra a polícia do Estado de São Paulo, tomamos a decisão firme de executar 45 opositores de nossos interesses imediatos. Não fugi de minhas responsabilidades.

Em 1977 comecei minha carreira, com nove anos de idade, na Baixada do Glicério, como um trombadinha comum. Minha nacionalidade tropical, no entanto, continuou intacta.

Por mais da metade de minha vida me dediquei ao sol quadrado e aos livros. Li mais de três mil.

Por longos anos também fui considerado por muitos um pária da sociedade e um inimigo do Brasil. Acho que eles estavam certos.

Nas madrugadas que se sucederam ao fatídico 12 de maio, depredamos agências bancárias do sistema, incendiamos ônibus do sistema e espalhamos nossa doutrina, forçando o sistema a negociar conosco. 107 companheiros foram sumariamente negociados com o sistema.

Fui transformado em inimigo público número 2, porque o número 1 agora é o outro.

Também sou acusado até hoje, injustamente, de chefe de quadrilha. PCC é só um churrasco na laje, para os iniciados na nossa boa vida.

Fui convocado a depor na CPI dos Bingos, onde encontrei criminosos muito mais perigosos do que eu. Me identifiquei com todos.

Hoje, vivo como condenado e líder de uma facção que o Estado jura existir para me manter como exemplo de que o crime não compensa. Tivesse eu sido político, teria compensado.

Fui denunciado pelo Ministério Público pelo suposto assassinato de um bombeiro, o que considero um exagero. Somos sempre inocentes, por uma questão de princípios. De fins também.

Fiz do crime minha razão de viver, ao contrário destes democratas de araque. Não confundo ódio, vingança, covardia moral e hipocrisia com meus negócios escusos. A única vez que eu o fiz, acabei por aqui.

Espero ansiosamente que os novos condenados venham jogar gamão comigo.

O creme não compensa. O crime talvez.

Presidente Bernardes, 10 de outubro de 2012

Marcos Willians Herbas Camacho ( O Marcola )

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Oliver

    AUGUSTO
    Permite a réplica ? Oi, Tina Boots !!!
    Não, a ideia não foi minha. Foi do José Dirceu, kkkkkkkkk. Só um intrépido imbecido poderia ter uma ideia estúpida como este manifesto à nação, hehehe. Logo que li ( foi replicada no Coronel do Coturno ) já fui me perguntando quem este senhor pensa que é – que cargo ele ocupa – que importância outra tem para o país, além de dar uns telefonemas que são “OS TELEFONEMAS” ?
    O cara se acha. Só cumpri meu dever democrático de dar voz ( falsa, evidentemente ) a outros bandidões, que tiveram A DECÊNCIA DE OUVIR SUAS PENAS CALADOS. Estes não. Vão pra cadeia cacarejando e se dizendo injustiçados. Tenho uma tese sobre a pederastia política, que fui desenvolvendo ao longo dos muitos anos em que convivi com aquela outra seita, por força de acordos profissionais. Essa síndrome de Priscila que estes guerrilheiros carregam em suas baionetinhas em riste nunca me enganou. Comedores de galinhas. Você já percebeu que não existem “santas mulheres” no neo-evangelismo do Araque ? Que eles chutam as das outras religiões ? Isto tem um fundo psicótico. Da mesma maneira que os “baionetinhas” abandonam suas mulheres pelo caminho e vão se travestindo de outra coisa, ao sabor da guerrilha. Não tem aquele que fugiu vestido de prenda, lá pelos pampas ? Eu recomendo sempre o “120 dias de Sodoma e Gomorra”, do adoentado Passolini. Deve ter sido gravado lá no politburo petralha. Ao contrário da coleção a que você se refere, o filme em questão não é recomendado para crianças sadias. Só para os Zés. Para os cacarejantes. Um dia comentei o título com um deles e o cara se apressou em dizer: ” já assisti três vezes. É lindo”. Meu Gosh. Grudei o traseiro na parede e saí do local. Vai que a moda pega.

    Curtir

  2. Comentado por:

    toninho malvadeza

    Marcola ainda criança,começou como trombadinha.Zé Dirceu ainda guri começou roubando hóstias e não parou mais.

    Curtir

  3. Comentado por:

    fpenin

    Marcola, o chefe EXPLÍCITO, pode alegar que está pagando por ERROS e MALFEITOS. ? Eu acho que ele ainda tem muito a aprender…

    Curtir

  4. Comentado por:

    fpenin

    Fora de tópico, mas vale ( para suas providências, Augusto)…O governo que se confunde com o partido qui num róba nem dêxa robá gosta de propaganda descabida. Agora, por exemplo ,sacanocratas estão a trombetear a realização de 5.000 cirurgias de redução de estômago no serviço público de saúde. Aos desavisados e puros parece coisa espetacular. O ano tem apenas 365 dias; o Brasil possui mais de 5600 municípios: sem precisar de calculadora, a média de cirurgias é impressionante, 1,3 por ano (por município); em TODO o Brasil,aproximadamente 13,6 cirurgias são realizadas por dia, um número estonteante.O mundo está a conviver com a obesidade em nível epidêmico. Se o governo continuar no mesmo ritmo, tão festejado, é possível que a fila de pacientes seja ZERADA em 4014 da Era Cristã. A crítica é ao açodamento de fazer propaganda de números pífios, visando a engabelar os pouco esclarecidos. Aliás, o Brasil, é o país das medidas sem nexo: baixa os juros …e o PIB também. É como, para curar uma unha encravada, se procedesse à amputação do pé…

    Curtir

  5. Comentado por:

    fpenin

    Marcola é um exemplo de cidadania, pelo menos em um ponto: ele diz que sabe e que sabia. Já outros…

    Curtir

  6. Comentado por:

    juscelino

    REF. AO MANISFETO DO GENÚ, SERÁ QUE O OLI, ESTÁ SUGERINDO QUE ELE É CHEGADO MESMO É NOS BISCOITO AO INVÉS DE HÓSTIA? DEVE SER POR ISSO QUE ELE ESCULACHOU UM PROVAVEL ELEITOR QUANDO ESSE O CRITICOU PELA DEFESA DA CAUSA AFETIVA…

    Curtir

  7. Comentado por:

    Rafael

    Sem dúvidas eu confiaria 100% nesse cara no poder do país ao invés dos políticos que só faz lesar a população brasileira.

    Curtir

  8. Comentado por:

    Espada1

    A Luta continua…o importante e que seus ideais, estão nas favelas e periferias de SP, uma vez que a Policia Militar do Estado de São Paulo e inimiga dos mesmo, o importante e que hoje, o Primeiro Comando da Capital, Exercê o status de Mafia, e futuramente o de “Cartel” semelhante aos los-zetas do Mexico, muito obrigado, por unir toda a massa carceraria, por abrir os olhos e mostrar a luz no fim do tunel para minhares de detentos no Brasil, que país e esse que cria a cultura do “Bandido bom e bandido morto” mas ao mesmo tempo, ninguem luta por educação de alta qualidade nas favelas e periferias, ou no sistema publico, a PM mata 1 integrante do PCC, nascem 10 no lugar do mesmo. PAZ JUSTIÇA E LIBERDADE

    Curtir