Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Viúvo inconsolável

Lula revela que Fidel inventou a tirania democrática

Por Augusto Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 21h14 - Publicado em 27 nov 2016, 22h31

“Nos piores momentos, quando ditaduras dominavam as principais nações de nossa região, a bravura de Fidel Castro e o exemplo da revolução cubana inspiravam os que resistiam à tirania. (…) Sinto sua morte como a perda de um irmão mais velho, de um companheiro insubstituível, do qual jamais me esquecerei. (…)  Hasta siempre, comandante, amigo e companheiro Fidel Castro”. (Lula, aproveitando a nota publicada no Facebook sobre a morte de Fidel Castro para revelar que 1) arranjou um assessor que sabe escrever “Até sempre” em espanhol”, 2) Fidel inventou a ditadura democrática e 3) a existência de presos políticos em Cuba é outra invenção de FHC.

Publicidade