Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Valentina de Botas e o resumo da ópera: ‘A escória lulopetista, corrupta, incompetente e autoritária, só será vencida por democratas’

Intrigado com a quantidade de comentaristas ansiosos por “intervenções militares”, estava no segundo parágrafo de um post sobre o assunto quando li o texto da nossa Valentina de Botas. Como vocês verão, ela escreveu pela coluna. (AN) A reeleição de Dilma Rousseff, um vexame planetário, mostrou que frustração, por pouco ou por muito, é melhor […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 02h33 - Publicado em 30 nov 2014, 01h25

Intrigado com a quantidade de comentaristas ansiosos por “intervenções militares”, estava no segundo parágrafo de um post sobre o assunto quando li o texto da nossa Valentina de Botas. Como vocês verão, ela escreveu pela coluna. (AN)

A reeleição de Dilma Rousseff, um vexame planetário, mostrou que frustração, por pouco ou por muito, é melhor quando não acontece. Não sou fatalista, determinista, nem supersticiosa – superstições dão azar –, também não faço o jogo do contente e duvido um pouco dessa história de que tem mal que vem para o bem – prefiro mesmo é bem que vem para o bem. Mesmo a volta da oposição não é bem que atribuo à vitória do PT, mal do qual não nasce nada bom. Mas pode vir mais mal e, provando isso, o cara que pede intervenção militar seria até engraçado se não fosse uma besta, como bem encerra Roberto Pompeu de Toledo.

Na linha do grande texto, as perguntas poderiam continuar: o cara quer intervenção para…? Acabar com a corrupção? Ora, a ditadura militar foi extremamente corrupta e vá tentar apurar maracutaias sob uma ditadura. Nem mesmo é possível denunciá-las. Considerando que qualquer grupo rouba menos do que o PT, essa anomalia, por que não uma intervenção dos, sei lá, astrólogos? Ah, sim, o sujeito quer intervenção militar para defender as instituições democráticas. Outra vez, seria cômico, se não fosse cretinice.

Os problemas de uma democracia são resolvidos com mais democracia. Quem pede intervenção militar não é um democrata, portanto, esse cara errou de manifestação; que pegue o cartaz dele, junte-se a outros cretinos que encontrar e vá marchar pelo fim das liberdades nas manifestações pró-governo, pois é dele que a cretinice os aproxima, e não de quem quer um governo decente, o que exclui qualquer ditadura e qualquer petista. Tá bom, talvez não seja nada disso e o cara simplesmente paga esse mico porque não gosta do PT. OK, tamu junto, só que separado.

Também não gosto, aliás detesto essa escória e o que ela fez ao país. Mas invocar o militarismo é ato de feitiçaria que se volta contra o feiticeiro sempre, além de ser justificada pelos argumentos mais tipo R$1,99, e é um favor chamá-los de argumentos. Não importa o quanto demore, e já demorou muito, a história mostra que quanto mais tempo falsos democratas permanecem no poder, mais triste será a queda deles. A escória lulopetista, corrupta, incompetente e autoritária, só será vencida por democratas.

Continua após a publicidade

Publicidade