Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Uma usina de ideias luminosas

“Seu tempo é limitado. Por isso, não perca tempo em viver a vida de outra pessoa. Não se prenda pelo dogma, que nada mais é do que viver pelos resultados das ideias de outras pessoas”. STEVE JOBS (1955 – 2011) A frase evocada pelo Reynaldo-BH é um epitáfio perfeito para o gênio que mudou a […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 10h33 - Publicado em 5 out 2011, 23h12

“Seu tempo é limitado. Por isso, não perca tempo em viver a vida de outra pessoa. Não se prenda pelo dogma, que nada mais é do que viver pelos resultados das ideias de outras pessoas”. STEVE JOBS (1955 – 2011)

A frase evocada pelo Reynaldo-BH é um epitáfio perfeito para o gênio que mudou a história da humanidade. Assombrosamente inventivo, Steve Jobs parecia uma usina de ideias luminosas. Nunca perdeu tempo com bravatas e gabolices. Nunca disse que era o cara. E foi.

Subscrevo sem ressalvas o texto do nosso Oliver, titular do timaço de comentaristas:

“Tenha coragem de seguir seu coração e sua intuição. Eles já sabem o que você quer se tornar”. STEVE JOBS

Existem os inteligentes e os geniais. Nem sempre um genial é um inteligente. Pegue Einstein, Ronaldo Fenômeno e Hans Donner. O que ligaria cérebros tão díspares ? Sem dúvida, a capacidade de encontrar soluções desconcertantes para problemas aparentemente triviais. Nem sempre por meio da lógica ou do conhecimento, e sim de uma antenada relação com o mundo. Alguns gênios costumam afirmar que sua ideias são como “frituras” ─ ou como um bando de passáros que, num piscar de olhos, pousam todos juntos nos fios tensos da pauta de metal. Pois é. Pois são. Jobs era um visionário, dedicado a tornar o mundo mais elegante, mas simples, mais funcional. Talvez não tenha ficado mais burro, mas hoje o mundo, sem dúvida, ficou um pouco mais feio. Rest in Peace, my friend. You were the guy.

Continua após a publicidade

Publicidade