Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Uma conversa politicamente incorreta com o jornalista e escritor Leandro Narloch

PARTE 1 Na primeira parte da conversa, Leandro Narloch, autor dos livros Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil e Guia Politicamente Incorreto da América Latina, comenta o sucesso de público e crítica das duas obras e conta que a série prosseguirá com um guia de abrangência mundial. Um dos personagens já escolhidos é o […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 08h27 - Publicado em 4 jul 2012, 20h28

PARTE 1

Na primeira parte da conversa, Leandro Narloch, autor dos livros Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil e Guia Politicamente Incorreto da América Latina, comenta o sucesso de público e crítica das duas obras e conta que a série prosseguirá com um guia de abrangência mundial. Um dos personagens já escolhidos é o líder da independência da Índia, Mahatma Gandhi. “Ele é um dos maiores responsáveis pelo atraso da Índia”, antecipa o entrevistado.

http://videos.abril.com.br/veja/id/ed982278759eca82898f744491f3ffc9?

PARTE 2

No segundo bloco, Leandro Narloch contesta a visão da história do Paraguai exposta pelo jornalista Chiqui Avalos no artigo ‘A Guarânia do Engano’. Segundo o entrevistado, a Guerra do Paraguai foi provocada por Solano López, que chefiava uma ditadura. “O país era um inferno”, resume.

http://videos.abril.com.br/veja/id/f63aba347035b655f95f7f62ee67b3fb?

Continua após a publicidade

PARTE 3

Na continuação da entrevista, o jornalista e escritor revela que seus textos sempre se inspiram em assuntos que o incomodam. No momento, Leandro Narloch anda olhando enviesado para o patronising. “A Regina Casé é um bom exemplo”, diz. “Trata os pobres como golfinhos”.

http://videos.abril.com.br/veja/id/97c3d7e486e52fd703d2b61df367c55c?

PARTE 4

Na última parte da conversa, Leandro Narloch fala sobre o Brasil deste começo de século e arrisca previsões sobre o futuro próximo. Uma delas: assim como ocorre na Argentina em relação a Perón, candidatos de todas as tendências, para melhorar  as chances de eleger-se, dirão que são lulistas.

http://videos.abril.com.br/veja/id/222f57a3062478c100a0f7ab3837cccc?

Continua após a publicidade
Publicidade