Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Um aliado como Luiz Marinho é mais perigoso que qualquer adversário

Castigado com um bisonho quarto lugar, o candidato do PT paulista avisa que vai apoiar Márcio França

Em todos os debates entre candidatos ao governo paulista, Luiz Marinho informou ─ na fala de abertura, nas perguntas, nas respostas e nas considerações ─ que era filhote do presidiário mais famoso do Brasil: “Eu sou o candidato do Lula”, recitou o ex-ministro do Trabalho que não tem emprego fixo desde o século passado.

Num dos debates, Marinho apareceu no palco vestindo sob o paletó uma camiseta com a inscrição “Lula Livre”. Na altura do peito. Nenhuma alma piedosa lembrou ao candidato do partido que virou bando que participava de uma eleição em São Paulo, o maior reduto antipetista do país.

Punido nas urnas com um humilhante quarto lugar, ele revelou que vai apoiar Márcio França no segundo turno. Não esclareceu por que resolveu facilitar a vitória de João Doria.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s