Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Sermão da Vigarice

“Foi uma resposta de alguns radicais a algo que ofendia milhões de fiéis muçulmanos”. Carlos Alberto Libânio Christo, codinome “Frei Betto”, ao abençoar o atentado terrorista em Paris, revelando que, embora se sintam ofendidos por piadas sobre o Profeta Maomé, os companheiros islâmicos amam a liberdade de expressão, respeitam quaisquer opções religiosas, condenam a violência […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 02h18 - Publicado em 18 jan 2015, 15h33

“Foi uma resposta de alguns radicais a algo que ofendia milhões de fiéis muçulmanos”.

Carlos Alberto Libânio Christo, codinome “Frei Betto”, ao abençoar o atentado terrorista em Paris, revelando que, embora se sintam ofendidos por piadas sobre o Profeta Maomé, os companheiros islâmicos amam a liberdade de expressão, respeitam quaisquer opções religiosas, condenam a violência e estão desolados com a peraltice protagonizada na redação do Charlie Hebdo por integrantes do minúsculo grupo de irmãos radicais.

Publicidade