Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

#SanatórioGeral: Uma é pouco, duas é bom

Novo diretor da PF expõe sua teoria sobre o que é e o que não é corrupção

“Uma única mala talvez não desse toda a materialidade criminosa que a gente necessitaria para resolver se havia ou não crime, quem seriam os partícipes e se haveria ou não corrupção”. (Fernando Segovia, novo diretor-geral da Polícia Federal, ao criticar a celeridade da Procuradoria-Geral da República na condução da colaboração premiada da JBS, sugerindo que seriam necessárias duas, e não apenas uma mala recheada com R$ 50o mil, para que ficasse evidente o evidente pagamento de propina a Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor especial de Michel Temer)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Carla L.S. Lieberman

    E uma mala mais um Geddel acompanhado de 51 milhões num apartamento?
    Tá valendo?

    Curtir

  2. O delegado indicado não revelou outro detalhe importantíssimo: a cor da alça da mala.
    Acho que o segredo do crime estava ali……..
    Seria morena, ruiva,’ loure’………..

    Curtir

  3. wilson de souza lima

    Por essa nova teoria, que toma por base a quantidade de malas envolvidas, Geddel não terá escapatória. E a pena será enorme.

    Curtir

  4. O delegado indicado não revelou outro detalhe importantíssimo: a cor da alça da mala.
    Acho que o segredo do crime estava ali……..
    Seria morena, ruiva, ‘róxa’,’ loure’………..

    Curtir

  5. Geddel é que é homem decidido. Sabia que seria preso mais cedo, ou mais tarde.
    Certo dia, aconselhou-se com sua mainha e resolveu que iria pra cadeia de peito erguido. Chorando, mas de peito erguido.
    Aí, falou pra véia: mainha, jamais serei pego por causa de uma malinha qualquer, igual aquele dep utadozinho comedor de barras de cereais.
    Vou encher logo umas cinqüenta malas; melhor, “cinqüenta e um”a, pra homenagear o Lula.
    “Bença, mãe…..!”

    Curtir

  6. Sonia Fausta Tavares Monteiro

    Será que ainda não deu para entender que já sabemos identificar as enganações, mesmo que sejam muito bem decoradas? Parece que não, pois essa da mala já foi bastante esmiuçada, e não tem como mudar o roteiro!

    Curtir

  7. Murilo Menon Gonçalves

    O problema é que dentro da mala haviam 500 mil reais. Se fossem shampoos, caldo de galinhas, desodorantes, aí sim o Rocha Loures estaria cometendo crime. Afinal, estão presas várias mulheres que roubaram esses itens. E isso é crime!!!

    Curtir

  8. Luiz Chevelle

    Apenas uma merreca de 500 mil? Cês tão de sacanagem.

    Curtir