Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Suprema cafajestagem

Deputado petista acha que os ministros do STF podem ser chamados de covardes, mas nunca de bandidos

Por Augusto Nunes - 15 nov 2019, 09h26

“A infantilidade de tal pronunciamento feito por um advogado de renome como o sr. Modesto Carvalhosa atinge centenas de milhares de brasileiros gerando sentimentos de ódio e rancor contra as instituições democráticas”. (Paulo Teixeira, deputado federal pelo PT paulista, ao protocolar na OAB um pedido de representação contra Modesto Carvalhosa, que chamou de “bandidos” os ministros do STF, sem revelar por que não agiu assim quando Lula, apavorado com a prisão iminente, chamou de “covardes” os mesmos ministros do STF)

Publicidade