Clique e assine com 88% de desconto
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Poste desmemoriado

Haddad finge esquecer que Temer foi duas vezes vice de Dilma e que Meirelles presidiu o Banco Central nos 8 anos de governo Lula

Por Augusto Nunes - Atualizado em 4 abr 2019, 15h19 - Publicado em 4 abr 2019, 11h30

“O Brasil é muito maior que esse projeto que está no poder. O Bolsonaro representa um retrocesso muito grande no imaginário do brasileiro em relação ao seu próprio país. Eles não estão no poder há três meses: o que o Bolsonaro representa está há três anos no poder. O Paulo Guedes é um Michel Temer radical, um Henrique Meirelles radical. A gente cobra resultado porque faz três meses que eles prometeram que a PEC do Teto e a reforma trabalhista iam resolver os problemas. Eles vivem mentindo para as pessoas”. (Fernando Haddad, sem emprego conhecido desde outubro, em entrevista ao canal no YouTube inaugurado por Lindbergh Farias e Vanessa Grazziotin, fingindo esquecer que Michel Temer foi duas vezes vice de Dilma Rousseff e que Henrique Meirelles presidiu o Banco Central nos 8 anos de governo Lula)

Publicidade