Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Ofensa gravíssima

Deputado petista enxerga a reencarnação de Tiradentes no chefe do maior esquema corrupto da História

Por Augusto Nunes 13 out 2017, 16h25

“Pessoal, eu vou ler aqui trecho de uma sentença que eu acho que vocês vão ver imediatamente do que se trata: ‘Declaram o réu infame e seus filhos e netos. Tendo-os e seus bens aplicam para o fisco e Câmara real. E a casa em que vivia em Vila Rica será arrasada e salgada para que nunca mais no chão se edifique. E não sendo própria será avaliada e paga a seu dono pelos bens confiscados e no mesmo chão se levantará o padrão pelo qual se conserve em memória a infâmia deste abominável réu’. Você já deve ter percebido que essa é a sentença que condenou Tiradentes. E essa sentença declarou Tiradentes infame, seus filhos e netos também. E mandou salgar o chão em que se edificava a casa de Tiradentes e que se colocasse ali um monumento em que se dissesse que ali morou aquele infame réu. Olha, pessoal, não falta muito pra que uma sentença dessa produzida em Curitiba contra o ex-presidente Lula venha mais ou menos com os mesmos dizeres”. (Wadih Damous, deputado federal pelo PT do Rio de Janeiro, num vídeo divulgado na internet, acusando o Herói da Inconfidência Mineira de ser igualzinho ao ex-presidente condenado por corrupção)

Publicidade