Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

#SanatórioGeral: O presente condena

Romero Jucá acredita que o sumiço de uma letra da sigla do partido provocará o desaparecimento dos prontuários dos chefões do PMDB

“Os novos partidos não são registrados como partido. Também estamos resgatando essa questão histórica, a nossa memória”. (Romero Jucá, presidente do PMDB, ao revelar que solicitou ao Tribunal Superior Eleitoral a mudança do nome da legenda para MDB, agarrando-se à esperança de que a ressurreição da sigla utilizada entre 1966 e 1979 acabe induzindo o eleitorado brasileiro a enxergar Ulysses Guimarães num Romero Jucá ou Tancredo Neves num Renan Calheiros)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. JOSÉ ALVES GUIMARÃES

    Mudando a nomeclatra sem mudança dos integrantes, sempre será a mesma quadrilha.

    Curtir

  2. Paulo Rosa da Silva

    Memória da Corrupção! Políticos que trouxe um atraso muito grande ao Brasil!

    Curtir

  3. Sonia Fausta Tavares Monteiro

    Estão sempre encontrando um meio de driblar a inteligência dos eleitores e, sem a menor cerimônia, fazendo malabarismos até com as letras que compõem a sigla de seu próprio partido! Agora, Imagine o que não serão capazes de fazer com o que resta!

    Curtir