Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Montanha de cretinices

Paulo Pimenta cria uma teoria segundo a qual quem planta Lula colhe o maior esquema corrupto de todos os tempos

Por Augusto Nunes 2 ago 2019, 11h18

“Um ato de extrema violência contra a memória e a História do Brasil a determinação de Jair Bolsonaro que resultou na mudança dos membros da Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos. Se você planta laranja, nasce laranja. Se você planta Bolsonaro, colhe ódio e intolerância. É o que o Brasil está vivendo”. (Paulo Pimenta, deputado federal pelo PT do Rio Grande do Sul, conhecido pelo codinome Montanha no Departamento de Propinas da Odebrecht, desandando numa linha de raciocínio segundo a qual quem planta Lula colhe o maior esquema corrupto de todos os tempos)

Publicidade