Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Gente fina

Cesare Battisti explica que foi um erro perfeitamente perdoável ter brincado de terrorista na Itália democrática dos anos 70

Por Augusto Nunes Atualizado em 13 out 2017, 01h31 - Publicado em 12 out 2017, 18h56

“É claro que a gente cometeu alguns erros”. (Cesare Battisti, terrorista italiano, em entrevista ao Estadão, explicando que foi condenado à prisão perpétua pela Justiça do seu país não por ter participado de quatro assassinatos, mas por ter cometido “alguns erros” que o obrigaram a fugir para o Brasil e aguardar a absolvição decretada por Lula)

Publicidade