Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

#SanatórioGeral: Feriado eterno

Um dos pregadores da missa negra do 1° de Maio, Boulos ainda não revelou quando vai começar a trabalhar

“Você tem diversidades, nuances, diferenças. Mas quando se trata de defender direitos, este palco fala a mesma língua”. (Guilherme Boulos, gerente do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, um dos pregadores da missa negra em louvor do 1° de Maio celebrada em São Paulo pelas centrais sindicais, sem revelar quando vai começar a trabalhar)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Geraldo Pereia

    Esse aí é inimigo do trabalho. Nunca trabalhou e jamais o fará.

    Curtir

  2. Severiano Filho

    O que Guilherme Boulos e uma fralda tem em comum?

    Curtir

  3. Boulos é uma das figuras absurdas com quem temos que conviver depois de o PT chegar ao poder.

    Curtir