Clique e assine a partir de 9,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Elegância e polidez

Zé de Abreu garante que não é machista nem misógino porque, embora viva insultando mulheres, só cospe em homens

Por Augusto Nunes - 4 fev 2020, 13h44

“Veja quantas mulher me apoiam no Twitter. Fascista não tem sexo. Simone de Beauvoir falava ‘tornar-se mulher’. Vagina não transforma uma mulher em um ser humano. Assim como o pênis não me transforma em um machista misógino”. (José de Abreu, coadjuvante desde o berçário, em entrevista à Folha, mostrando com a habitual elegância e exemplar polidez o que um machista misógino deve dizer para provar que não é machista nem misógino)

Publicidade