Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Dilmês filosófico

Marcelo Freixo revela que aprendeu direitinho com a ex-presidenta a arte de filosofar em dilmês

Por Augusto Nunes 8 fev 2018, 15h05

“A esquerda não pode não trabalhar com a utopia, a esquerda não pode aceitar a retro-utopia. Uma geração atrás, o pai olhava para o filho e podia garantir que ele teria um futuro melhor. Hoje, não. Hoje o pai tem certeza que o futuro vai ser pior. Isso leva a olhar para o passado com mais simpatia que o futuro. Isso é a morte da utopia. É muito grave para qualquer sociedade transformadora”. (Marcelo Freixo, deputado estadual pelo PSOL do Rio de Janeiro, mostrando que também é possível filosofar em dilmês)

Publicidade