Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Chanceler de hospício

Celso Amorim prende Moro e libera o espírito de Lula para reencarnar em algum passarinho que saiba falar espanhol

Por Augusto Nunes - Atualizado em 10 out 2019, 09h45 - Publicado em 10 out 2019, 08h17

“O espírito de Lula está livre. Quem está preso é Sergio Moro, que mais é um escravo dos que pensam pela cartilha neoliberal do mercado financeiro e da TV Globo”. (Celso Amorim, ex-ministro das Relações Exteriores do governo Lula, durante discurseira no Congresso Nacional da CUT, revelando que, como Lula foi substituído na cadeia por Sergio Moro, o espirito do ex-presidente presidiário está liberado para, seguindo o exemplo do amigo Hugo Chávez, reencarnar em algum passarinho e virar conselheiro alado de Nicolás Maduro)

Publicidade