Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

#SanatórioGeral: Chanceler de bolso

Celso Amorim quer esquecer que passou oito anos ajoelhado aos pés de Hugo Chávez e Fidel Castro

A decisão de Washington é parte do projeto de ‘regime change’. Não vejo legitimidade na autoproclamação de Guaidó. Isso não quer dizer que a Venezuela não necessite de mudanças políticas. Mas elas terão que vir pelo diálogo e não por gestos unilaterais, com forte inspiração de interesses exógenos, motivada por interesses geoestratégicos. Não esqueçamos que a Venezuela, detém a maior reserva provada de petróleo do mundo. É ingênuo quem pensa que o objetivo dos Estados Unidos é o de ‘restabelecer a democracia'”. (Celso Amorim, ex-ministro das Relações Exteriores no governo Lula, fingindo esquecer que passou oito anos ajoelhado diante de Hugo Chávez e Fidel Castro, ao confirmar que só aceita gestos unilaterais que vêm de ditadores de estimação)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s