Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

#SanatórioGeral: Capitão do mato

Haddad louva o programa que ampliou o assalto ao BNDES, aboliu a Lei Áurea e restaurou o regime escravagista

“Bolsonaro, sob o pretexto ridículo de que os médicos cubanos queriam implantar a guerrilha no Brasil, acabou com o programa, deixando os pobres até hoje ao deus-dará”. (Fernando Haddad, sem ocupação conhecida desde outubro de 2018, ao exaltar em artigo publicado na Folha o Mais Médicos, nome-fantasia do acordo entre a seita lulista e a gangue castrista que desviou bilhões de dólares do BNDES para Cuba, aboliu a Lei Áurea e restaurou a escravidão)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s