Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Bigode sem cabeça

Mercadante descobriu que os brasileiros que elegeram Dilma ficaram indignados com a interrupção do projeto de destruição do país

Por Augusto Nunes - Atualizado em 3 dez 2017, 21h03 - Publicado em 3 dez 2017, 20h56

“O golpe não foi apenas contra a presidenta legitimamente eleita, Dilma Rousseff. Não é contra Lula, o melhor presidente da história recente do país. Não é contra o PT. O golpe foi contra, sobretudo, os 54,5 milhões de votos que elegeram a presidenta em eleições livres e limpas”. (Aloizio Mercadante, em artigo publicado no site de Lula, garantindo que os 54,5 milhões de brasileiros que embarcaram nas mentiras contadas pelo neurônio solitário estavam cada vez mais felizes com o aumento do desemprego, da inflação e da roubalheira)

Publicidade