Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

#SanatórioGeral: Aula de bandidagem

Boulos ensina que crimes comuns se tornam crimes políticos quando o autor é um ex-presidente que virou ladrão

“É difícil que o Brasil encontre um ambiente democrático com um preso político injustamente, um ex-presidente da República, maior liderança popular do Brasil. Aquilo que falávamos há dois anos ficou provado com as mensagens da Vaza Jato. Houve conluio, não houve um julgamento isento”. (Guilherme Boulos, gerente do MTST, ao defender em entrevista a preservação do “Lula Livre” como principal bandeira do PT e seus satélites, ensinando que corrupção e lavagem de dinheiro se transformam em crimes políticos quando o autor é um ex-presidente que virou ladrão)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Paulo Bandarra

    Para isto que existe a segundo e terceira instância. Sanar se houve conluio na primeira.

    Curtir

  2. Paulo Bandarra

    A defesa não conseguiu provar a inocência nas demais.

    Curtir

  3. Geraldo Pereira

    Maior liderança de otários do Brasil.

    Curtir

  4. francisco penin

    Às vezes, o retorno não equivale aos milhões investidos. Em suma, a defesa de Lula é frágil, capenga. O Avaí tem melhor defesa…

    Curtir

  5. Mentiras quando repetidas constantemente, viram uma luz no final do túnel para aqueles que as recitam como um mantra a ponto de acreditarem que é verdade já que os fatos insistem em desmenti-los. É a única coisa que resta Viram zumbis.

    Curtir