Clique e assine a partir de 9,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Amante sabida

Gleisi ensina que “Soberania Popular” é uma coisa que só existe quando o PT está no poder e livre para roubar

Por Augusto Nunes - 17 abr 2019, 20h17

“A proposta apresentada pelo governo de Banco Central independente, autônomo, fere a Soberania Popular. Por que uma instituição de Estado ficaria fora do alcance do governo eleito diretamente pelo povo? A autonomia pretendida por Bolsonaro significa que a política monetária não estará mais sujeita ao voto do popular, deixando o governo eleito de ter qualquer influência na sua condução”. (Gleisi Hoffmann, deputada federal e presidente do PT, conhecida pelo codinome Amante no Departamento de Propinas da Odebrecht, discorrendo sobre a autonomia do Banco Central com a autoridade de integrante do governo que assaltou o Banco do Brasil, o BNDES, a Caixa Econômica e todas as instituições financeiras ao alcance do partido que virou quadrilha)

Publicidade