Clique e assine com 88% de desconto
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Amante rebaixada

Gleisi informa que teve de trocar o Senado pela Câmara porque o governo do PT foi bom demais

Por Augusto Nunes - 22 abr 2019, 11h12

“Podemos falar com a cabeça erguida e o peito estufado: nós fizemos os melhores governos da história deste país. Colocamos o povo na centralidade das políticas públicas e temos que continuar defendendo esse legado, defendendo Lula”. (Gleisi Hoffmann, deputada federal e presidente do PT, conhecida pelo codinome Amante no Departamento de Propinas da Odebrecht, durante uma palestra em Ribeirão Preto organizada por uma certa União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação de São Paulo, afirmando que o partido que virou bando fez um governo tão bom, mas tão bom, que ela teve de desistir da candidatura à reeleição para o Senado e conformar-se com uma vaga na Câmara)

Publicidade