Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Amante incorrigível

Gleisi sugere que Bolsonaro imite o PT e recrie o mensalão para "construir relações no Congresso e atrair parlamentares para a base do governo"

Por Augusto Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 19h52 - Publicado em 27 mar 2019, 20h10

A nova política, como diz Bolsonaro, nada mais é do que a antipolítica. Em vez de construir relações no Congresso e atrair parlamentares para a base do governo, o maior esforço é para escrachar publicamente a todos, aliados ou adversários”. (Gleisi Hoffmann, deputada federal e presidente do PT, conhecida pelo codinome Amante no Departamento de Propinas da Odebrecht, sugerindo a Bolsonaro “construir relações no Congresso e atrair parlamentares para a base do governo” comprando deputados e senadores com dinheiro público, como fez o PT por mais de uma década)

Publicidade