Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Rio Grande em perigo

“O governo italiano chamou o Battisti de terrorista. O que eu disse e repito é que isso não basta para qualificar uma pessoa como terrorista, porque nós, na época do regime militar, também éramos chamados pela ditadura de terroristas”. Tarso Genro, advogado de assassinos de estimação, protetor de terroristas companheiros, oficial do exército de libertação […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 12h52 - Publicado em 10 fev 2011, 20h15

“O governo italiano chamou o Battisti de terrorista. O que eu disse e repito é que isso não basta para qualificar uma pessoa como terrorista, porque nós, na época do regime militar, também éramos chamados pela ditadura de terroristas”.

Tarso Genro, advogado de assassinos de estimação, protetor de terroristas companheiros, oficial do exército de libertação que combate a ditadura italiana e, nas horas que sobram, governador do Rio Grande do Sul.

Publicidade