Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Reynaldo-BH: Isto aqui é hospício ou circo?

REYNALDO ROCHA País de loucos. Seremos todos hóspedes do Sanatório Geral que o Augusto tenta manter com o número necessário de vagas? Aqui corruptor passa recibo – isso mesmo, aquele de papel! – do crime cometido. Só falta a exposição de motivos. Quem manda no prostíbulo? Lula, depois de uma reunião de dez horas com a […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 02h35 - Publicado em 25 nov 2014, 19h59

REYNALDO ROCHA

País de loucos. Seremos todos hóspedes do Sanatório Geral que o Augusto tenta manter com o número necessário de vagas? Aqui corruptor passa recibo – isso mesmo, aquele de papel! – do crime cometido. Só falta a exposição de motivos.

Quem manda no prostíbulo? Lula, depois de uma reunião de dez horas com a mulher que se julga presidente, deve ter anotado as ordens em algum papel de padaria. Isso vale mais – neste governo – que um decreto. Bastam as digitais (ou meia dúzia de garranchos) do copresidente. Dilma jamais ousará contrariar uma determinação de Lula. Aceitou Joaquim Levy como regra-três de  Luiz Carlos Trabuco e Henrique Meireles, os preferidos do padrinho.

Para o Ministério da Agricultura Dilma escolheu a senadora Kátia Abreu, que decidiu acabar com a credibilidade que tinha ─ e que um Demóstenes Torres também teve. Kátia qualificava Lula de governante dos 150 escândalos. Se a mais recente grande amiga da presidente somar os tais escândalos, talvez produza o equivalente a meio petrolão de Dilma.

Graça Foster foi, é e será a boneca de ventríloqua da inquilina do Palácio da Alvorada. Armando Monteiro, ex-presidente da CNI? O candidato derrotado ao governo de Pernambuco não tem representatividade sequer para ocupar o cargo de subchefe do assessor da secretária de alguém que decida.

Continua após a publicidade

E Miguel Rosseto? O eterno oponente de Pedro Simon, que costumava aplicar-lhe surras homéricas? Que se contentava com a candidatura a vice de qualquer um, por falta de competência para tornar-se titular? Que no posto de ministro da Reforma Agrária nada fez em favor da dita reforma?

Vital do Rego no TCU? O senador que apoia todos os governos? Sem comentários. Este espaço não comporta palavras de baixo calão.

Isto é um hospício ou um circo? Ou apenas Dilma em sua essência? Uma presidente manobrada por um beberrão?

Devemos aplaudir a escolha de Joaquim Levy pelas ideias que sempre defendeu? Por ter sido discípulo de Armínio Fraga? Ou por evitar que um mercadante assuma o leme do Titanic sem comandante?

Manter a sanidade mental no Brasil é tarefa para heróis. Ser insano virou atributo de quem está no poder.

Peço licença para ir logo ali fechar a porta do hospício. Espero que todos os loucos estejam dentro.

Continua após a publicidade
Publicidade