Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Reynaldo-BH: ‘Resista, deputado!’

REYNALDO ROCHA O ainda deputado André Vargas parece ter renunciado à renúncia. Nem a pressão dos próceres do PT o demove da tentativa de usufruir, até o último momento, das benesses que o cargo lhe dá. Nada de novo, como sempre acontece com o PT. Ou alguém se esqueceu da renúncia irrevogável que durou um […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 04h00 - Publicado em 23 abr 2014, 17h26

REYNALDO ROCHA

O ainda deputado André Vargas parece ter renunciado à renúncia. Nem a pressão dos próceres do PT o demove da tentativa de usufruir, até o último momento, das benesses que o cargo lhe dá.

Nada de novo, como sempre acontece com o PT. Ou alguém se esqueceu da renúncia irrevogável que durou um dia de Aloizio Mercadante?

Vargas prefere sangrar em praça pública, num repugnante espetáculo de apego ao cargo, falta de decência e desprezo por valores morais. O PT que o embale. Que saiba o que fazer com o provocador de punhos erguidos, líder de mensaleiros e ladrões condenados. Vargas é um cadáver à espera da sepultura ─ e, como todo corpo apodrecido, é tóxico. Que seu julgamento se arraste até as eleições. Será mais um exemplo do jeito petista de governar.

Continua após a publicidade

Resista, deputado! Deixe claro que o PT não pode – e nem irá – fazer nada contra quem sabe muito. Nas quadrilhas, é essa a regra de ouro. Não se sinta abandonado. Erga os punhos na presença de ministros e juízes (mas cuidado com as algemas!)

Sua pretensão de fazer o sucessor na vice-presidência da Câmara é abjeta. Mas tudo é possível na Casa dos Horrores. Até a escolha do idiotizado ex-ministro Luis Sérgio.

No mais, que André Vargas seja exposto em praça pública. O DEM expulsou Demóstenes Torres e outros corruptos. O PSDB forçou Eduardo Azeredo a renunciar à presidência do partido. O PT trouxe de volta para a pocilga Delúbio Soares et caterva. Continua a ser comandado por José Dirceu, arrecadou milhões para livrar José Genoíno e companhia, criou tropas de choque para combater em defesa de João Paulo e dos aloprados de São Paulo. Por que com André Vargas seria diferente?

Somente a imagem do cadáver insepulto, apodrecendo e empesteando o ambiente, pode ser uma resposta aceitável. O cadáver cheira mal, incomoda – e o odor atinge Gleisi Hoffmann e Alexandre Padilha.

Resista, deputado! Sua resistência tem sido didática: mostra COMO o PT lida com um bandido pego em flagrante.

Continua após a publicidade
Publicidade