Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ressalvas intrigantes

“A unidade técnica analisou a documentação apresentada pelo partido e, com base nos princípios da relevância, materialidade e proporcionalidade, concluiu pela aprovação, com ressalvas, da prestação de contas”. Cármen Lúcia, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, no despacho em que aprovou as contas do diretório nacional do PT de 2003, sem explicar se essas “ressalvas” incluíram […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 06h19 - Publicado em 5 Maio 2013, 12h51

“A unidade técnica analisou a documentação apresentada pelo partido e, com base nos princípios da relevância, materialidade e proporcionalidade, concluiu pela aprovação, com ressalvas, da prestação de contas”.

Cármen Lúcia, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, no despacho em que aprovou as contas do diretório nacional do PT de 2003, sem explicar se essas “ressalvas” incluíram o dinheiro gasto pelo partido na primeira etapa do esquema do mensalão desmascarado dois anos depois.

Publicidade