Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ressalvas intrigantes

“A unidade técnica analisou a documentação apresentada pelo partido e, com base nos princípios da relevância, materialidade e proporcionalidade, concluiu pela aprovação, com ressalvas, da prestação de contas”. Cármen Lúcia, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, no despacho em que aprovou as contas do diretório nacional do PT de 2003, sem explicar se essas “ressalvas” incluíram […]

“A unidade técnica analisou a documentação apresentada pelo partido e, com base nos princípios da relevância, materialidade e proporcionalidade, concluiu pela aprovação, com ressalvas, da prestação de contas”.

Cármen Lúcia, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, no despacho em que aprovou as contas do diretório nacional do PT de 2003, sem explicar se essas “ressalvas” incluíram o dinheiro gasto pelo partido na primeira etapa do esquema do mensalão desmascarado dois anos depois.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s