Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Puxou ao tio

“Dever ser algum vigarista, né? E lugar de vigarista é na cadeia”. Agnelo Queiroz, governador do Distrito Federal, ao saber da prisão de um homem que se apresentava como seu sobrinho, afirmando que o falso parente deve continuar onde o tio deveria estar há muito tempo.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 06h59 - Publicado em 26 jan 2013, 00h33

“Dever ser algum vigarista, né? E lugar de vigarista é na cadeia”.

Agnelo Queiroz, governador do Distrito Federal, ao saber da prisão de um homem que se apresentava como seu sobrinho, afirmando que o falso parente deve continuar onde o tio deveria estar há muito tempo.

Publicidade