Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Os reais problemas da humanidade

“Odeio quando não consigo andar e digitar no celular ao mesmo tempo”. “Odeio quando o carregador de celular não alcança minha cama”. Queixas e lamentações desse gênero, tão frequentes na internet, podem parecer até divertidas, e costumam provocar sorrisos de cumplicidade. As reações mudam dramaticamente quando tais frases são repetidas por cidadãos haitianos em cenários […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 04h55 - Publicado em 27 nov 2013, 21h22

“Odeio quando não consigo andar e digitar no celular ao mesmo tempo”. “Odeio quando o carregador de celular não alcança minha cama”.

Queixas e lamentações desse gênero, tão frequentes na internet, podem parecer até divertidas, e costumam provocar sorrisos de cumplicidade. As reações mudam dramaticamente quando tais frases são repetidas por cidadãos haitianos em cenários que sublinham a voz da miséria absoluta. Na campanha Problemas do primeiro mundo não são problemas, a ONG americana Water is Life, que arrecada doações para levar água potável a populações carentes, reuniu no vídeo abaixo moradores da mais trágica das ilhas caribenhas que leem em sequência queixas postadas no Twitter por habitantes de paragens muito mais abastadas. O resultado mostra a distância que existe entre a garoa e a tempestade (leia abaixo a tradução das frases).

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=fxyhfiCO_XQ?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark#t=60&w=425&h=344%5D

“Odeio quando o carregador de celular não alcança minha cama”

“Odeio quando os bancos de couro não estão aquecidos”

“Quando vou ao banheiro e esqueço meu celular”

Continua após a publicidade

“Quando esqueço as roupas na máquina de lavar e elas começam a ficar com cheiro ruim”

“Odeio morar numa casa muito grande e precisar de dois roteadores de internet WiFi”

“Quando meu chiclete de menta faz minha água parecer muito gelada”

“Quando tenho que fazer um cheque para minha empregada, mas esqueço qual é seu sobrenome”

“Quando não consigo andar e digitar no celular ao mesmo tempo”

“Quando deixo o carregador no andar de baixo”

“Odeio quando meus vizinhos colocam senha no WiFi”

“Odeio quando peço meu lanche sem picles e ainda assim eles colocam picles”

Continua após a publicidade
Publicidade