Clique e assine a partir de 9,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Os 40 milhões de descontentes vão decidir a eleição

Será eleito presidente o candidato que se mostrar mais afinado com os brasileiros que pretendem abster-se, anular o voto ou votar em branco

Por Augusto Nunes - 7 jun 2018, 20h12

A informação mais importante reiterada pelas pesquisas sobre a eleição de outubro vem sendo subestimada pela imprensa e negligenciada pelos candidatos: cerca de 40% dos eleitores pretendem abster-se, anular o voto ou votar em branco.

Ou seja: quase 50 milhões de brasileiros não se sentem representados por nenhum dos participantes da corrida rumo ao Planalto. Essa imensidão de descontentes habita um país que a Lava Jato mudou para melhor.

Os candidatos seguem vivendo num Brasil que vai morrendo de velhice. Quem se mostrar, ao longo da campanha, mais afinado com o Brasil novo atrairá um contingente de insatisfeitos suficientemente numeroso para decidir a eleição.

 

Continua após a publicidade
Publicidade