Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O rei do Rio perdeu o trono, a pose e a voz

Surpreendido pela cachoeira que engoliu a Delta e o deixou com água pela cintura, o governador Sérgio Cabral permanece refugiado no Palácio Guanabara. Longe dos jantares com a Turma do Guardanapo, das festas bancadas pelo amigo Fernando Cavendish, dos jatinhos emprestados por Eike Batista e das margens do Sena, Cabral tem de consolar-se com os […]

Surpreendido pela cachoeira que engoliu a Delta e o deixou com água pela cintura, o governador Sérgio Cabral permanece refugiado no Palácio Guanabara. Longe dos jantares com a Turma do Guardanapo, das festas bancadas pelo amigo Fernando Cavendish, dos jatinhos emprestados por Eike Batista e das margens do Sena, Cabral tem de consolar-se com os torpedos de Cândido Vaccarezza. As mensagens tão melosas com o destinatário quanto cruéis com o idioma são insuficientes para devolver ao governador a alegria de viver e, sobretudo, a loquacidade dos tempos em que, fantasiado de Rei do Rio, batia boca até com menino de morro. O vídeo reprisado pela seção História em Imagens ressuscita o Cabral dos tempos em que era do Lula, não de um Vaccarezza.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    AEduardo

    Augusto
    Não quero comentar sobre aquilo que já sei,ou seja,
    Cabral descobridor do Brasil.
    Faço parte do Brasil que quer descobrir o Cabral!
    Estamos só no início, mas conheceremos breve uma
    grande biografia!
    Grande abraço, aguardando o resultado da pescaria
    deste próximo sábado.Espero que seja peixe graúdo.

    Curtir

  2. Comentado por:

    carlos nascimento

    Mestre AN,
    Voltando, os milongueiros foram derrotados, teremos finalmente a semifinal dos sonhos – dos meus, rs.rs – Santos x Corinthians, convocamos o seu irmão RS para tomar um avião e vir assistir aos dois confrontos mágicos, quando ficarmos idosos,nossos netos e bisnetos irão se deliciar com as narrativas desses momentos, fico a imaginar, RS + AN em pleno Pacaembu, lado a lado, assistindo a essa magia que só o futebol pode propiciar.
    QUE VENÇA O MELHOR.
    abraços
    Carlos Nascimento.

    Curtir

  3. Comentado por:

    maria

    Governador de maravilhas por reikis que se multipilicam em x.

    Curtir

  4. Comentado por:

    rere

    XIIIIIIII, alguém andou fazendo trabalho pesado na Praia da Macumba para derrubar o Serginho Cabral.

    Curtir

  5. Comentado por:

    Tunico

    Há horas em que a gente perde o equilíbrio e quer chamar esse senhor Cabral de um grande FDP. Eu hoje chamo. Assumo a responsabidade pelo adjetivo e conclamo os cariocas a o denominarem da mesma forma.
    Há horas em que acusamos a petralhada ligada a Lula de tudo que há de ruim no país. Mas se não fossem pessoas como Cabral, Sarney, Collor,Renan, Maluf, apoiando essa gentalha, não estaríamos nesta situação. Assim, todos estes senhores mais os seus seguidores da mais baixa índole também devem ser execrados e denunciados.A imprensa séria já denunciou e está sendo atacada. Vamos reagir!

    Curtir

  6. Comentado por:

    Quaker

    Sabemos quais as pessoas que etavam no vídeo de Cabral e Fernando Cavendish.Oque ainda não sabemos mas deduzimos quem dos protagonistas do vídeo forneceu as imagens para Garotinho.Cabral fora de suspeitas não iria dar ouro ao adversário. Cavendish também não iria trair Cabral.
    O secretário da saúde também não trairia Cabral resta então esperar mais um pouco que logo logo alguém vai abrir o bico revelando quem traiu Cabral.

    Curtir

  7. Comentado por:

    lili

    Loja de Penhores. O Rio vende o que pode e o que não pode.
    Gravidade é uma força universal. O atleta olímpico combate as forças físicas e tenta superá-las com o movimento. Para um corredor, o atrito impulsiona a corrida , na ponta do pé, na base do pé,o uso da resistência do solo para o impulso. (Não se corre com o calcanhar). Na natação, quanto mais tração no alongamento muscular, melhor para vencer a resistência da água e nadar a favor do empuxo como força motriz. Já na ginástica olímpica, muita força muscular para as cambalhotas para não se despencar do alto dos aparelhos e retardar o tempo do trajeto linear da queda.
    No centro os prédios tremem. A resposta simples, é normal balançar, no entanto o zelo diferencial da gravidade ou na falta de manutenção das edificações associado a carga de trepidação de transito pesado , nos espaços vazios do subsolo do metrô , mais poluição atmosférica e ambiental fazem da rua do Passeio , Marrecas e Evaristo da Veiga uma tentação ,além das tradicionais da Lapa.
    O globo que gosta destas manchetes do tipo “ túneis do Rio sem segurança…” é mensagem para o domingo e entre o que se leu de manhã e o que se vê a noite , o tempo da praia, do almoço, do Faustão, do cinema , do namoro e quando se chega em casa, o fantástico. Esquecimento e a reportagem se resume na tosse do passageiro do ônibus que cruzou a cidade pelo túnel Rebouças. A Record conta os dedos , com o controle remoto , com o comerciais alheios , expõe a cópia . Lição básica de teoria: meio é mensagem, só que a informação ou mídia não esta adaptada com as smarts tvs, phones, tablets e notes. Por que ? Na praia, no almoço, no cinema , no namoro, todos estão on line.

    Curtir