Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Noitada em Lisboa

“No meu aniversário eu também paguei. Tinha gente que estava acostumada que o pagamento seria do governo. É que tem gente que acha esquisito uma presidente dividir a conta. Acho isso extremamente democrático e republicano”. Dilma Rousseff, jurando que ela e os 11 acompanhantes que jantaram no Eleven pagaram a despesa com dinheiro do próprio […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 04h33 - Publicado em 29 jan 2014, 19h13

“No meu aniversário eu também paguei. Tinha gente que estava acostumada que o pagamento seria do governo. É que tem gente que acha esquisito uma presidente dividir a conta. Acho isso extremamente democrático e republicano”.

Dilma Rousseff, jurando que ela e os 11 acompanhantes que jantaram no Eleven pagaram a despesa com dinheiro do próprio bolso, ainda sem explicar se a “democracia republicana” também foi usada para bancar os 45 quartos usados pela comitiva presidencial no Ritz e no Tivoli ou se a conta dos hotéis será espetada na testa dos brasileiros que pagam impostos.

Publicidade