Clique e assine com até 92% de desconto
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Neurônio grogue

“A autonomia de Michel Temer está dada pelo fato de que ele integra o governo, é do coração do governo, não é uma pessoa estranha ao governo”. Dilma Rousseff, ao explicar em dilmês erudito que, depois de entregar o comando da economia a Joaquim Levy, uma pessoa estranha ao governo por não pertencer ao coração do […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 01h38 - Publicado em 12 abr 2015, 04h20

“A autonomia de Michel Temer está dada pelo fato de que ele integra o governo, é do coração do governo, não é uma pessoa estranha ao governo”.

Dilma Rousseff, ao explicar em dilmês erudito que, depois de entregar o comando da economia a Joaquim Levy, uma pessoa estranha ao governo por não pertencer ao coração do governo, resolveu entregar o comando da política ao vice-presidente porque Michel Temer é do coração do governo e, portanto, não é uma pessoa estranha ao governo.

Publicidade