Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Neurônio distraído

Dilma não sabe de onde veio nem para onde foi o dinheiro sujo que torrou na campanha

Por Branca Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 22h15 - Publicado em 22 jul 2016, 21h40

“Não autorizei pagamento de caixa 2 a ninguém. Se houve pagamento, não foi com o meu conhecimento”. (Dilma Rousseff, a Assombração do Alvorada, ao explicar que, embora seu marqueteiro de estimação tenha recebido dinheiro de caixa dois para fazer sua campanha em 2010, ela continua sendo uma ilha de honradez perdida no oceano de bandidos de estimação)

Publicidade