Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Nascidos um para o outro

“Para o PT, que tem no seu DNA o compromisso com as lutas do povo explorado e oprimido, o MST representa um avanço que impulsiona a democracia no Brasil e favorece a aprovação de reformas estruturais que nós demandamos, e que a correlação de forças na sociedade e no Parlamento não permitiu que se efetivasse”. […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 04h27 - Publicado em 14 fev 2014, 20h39

“Para o PT, que tem no seu DNA o compromisso com as lutas do povo explorado e oprimido, o MST representa um avanço que impulsiona a democracia no Brasil e favorece a aprovação de reformas estruturais que nós demandamos, e que a correlação de forças na sociedade e no Parlamento não permitiu que se efetivasse”.

Rui Falcão, presidente do PT, confessando que o partido do mensalão e o bando de camponeses que não sabem a diferença entre uma faca e uma paca nasceram um para o outro.

Publicidade