Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Na 2ª parte da radiografia de uma fraude, Brizola confessa: nunca entendeu direito o que Dilma dizia nas reuniões do PDT gaúcho

A segunda parte da biografia resumida (e não autorizada)  começa com a chegada de Dilma Rousseff a Porto Alegre, para onde se transferiu por decisão do segundo marido, o gaúcho Carlos Araújo, e vai até a entrada no PT, em companhia de um grupo até então filiado ao PDT de Leonel Brizola. “Eles se venderam […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 03h12 - Publicado em 25 ago 2014, 19h53

A segunda parte da biografia resumida (e não autorizada)  começa com a chegada de Dilma Rousseff a Porto Alegre, para onde se transferiu por decisão do segundo marido, o gaúcho Carlos Araújo, e vai até a entrada no PT, em companhia de um grupo até então filiado ao PDT de Leonel Brizola. “Eles se venderam por um prato de lentilhas”, ironizou Brizola. Dilma conseguiu um dote menos mesquinho: trocou de partido para voltar ao cargo de secretária de Minas e Energia, agora a serviço do companheiro Olívio Dutra.

Meses antes, ao fim de uma reunião do PDT gaúcho, o chefão do partido confessou que, “talvez porque essa moça fale pouco”, não conseguia entender direito o que Dilma dizia. Morreu sem saber que ninguém entende dilmês.

Publicidade