Clique e assine com até 92% de desconto
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Muito vivo

“É lamentável que essas requentadas ilações político-eleitorais somente apareçam quando o ex-governador Quércia faleceu e não tem como se manifestar”. Nota divulgada pelo PT paulista em resposta à reportagem de VEJA sobre o escândalo dos aloprados, explicando que em respeito à memória de Orestes Quercia, um dos envolvidos no caso, não se deve falar nas […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 11h34 - Publicado em 21 jun 2011, 05h04

“É lamentável que essas requentadas ilações político-eleitorais somente apareçam quando o ex-governador Quércia faleceu e não tem como se manifestar”.

Nota divulgada pelo PT paulista em resposta à reportagem de VEJA sobre o escândalo dos aloprados, explicando que em respeito à memória de Orestes Quercia, um dos envolvidos no caso, não se deve falar nas maracutaias protagonizadas por Aloízio Mercadante, aparentemente muito bem de saúde.

Publicidade