Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Muito vivo

“É lamentável que essas requentadas ilações político-eleitorais somente apareçam quando o ex-governador Quércia faleceu e não tem como se manifestar”. Nota divulgada pelo PT paulista em resposta à reportagem de VEJA sobre o escândalo dos aloprados, explicando que em respeito à memória de Orestes Quercia, um dos envolvidos no caso, não se deve falar nas […]

“É lamentável que essas requentadas ilações político-eleitorais somente apareçam quando o ex-governador Quércia faleceu e não tem como se manifestar”.

Nota divulgada pelo PT paulista em resposta à reportagem de VEJA sobre o escândalo dos aloprados, explicando que em respeito à memória de Orestes Quercia, um dos envolvidos no caso, não se deve falar nas maracutaias protagonizadas por Aloízio Mercadante, aparentemente muito bem de saúde.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Sérgio

    Impressionante essa moralidade esquerdista. Se a pessoa morreu, virou santa. Se o crime foi há 5 anos, ou um mês, ou dois minutos atrás, é passado, e prescreveu. Eis o republicanismo de conveniência dessa cambada. FORA PT-de-M! Que se esfacele o quanto antes.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Mauro Pereira

    Caro Augusto Nunes, bom dia.
    Os imorais dos dirigentes petistas deviam mirar-se no exemplo do governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin.
    Sua resposta as denúncias de corrupção envolvendo um secretário de seu governo foi imediata. A demissão do acusado, evitando, assim, qualquer interferência nas investigações.
    O PT, além de corrupto, é extremamente arrogante para admitir que um dos seus esteja envolvido em alguma trapaça. A culpa é sempre da oposição, da imprensa ou dazelite de olhos azuis.
    Pelo menos em Campinas o PSDB está cumprindo com o seu papel de oposição. Entrou com pedido de cassação do prefeito Dr. Hélio e, em carta aberta, rebateu com veemência as afirmações de José Dirceu acusando o MP paulista de praticar manobras eleitoreiras.
    “Um chefe de quadrilha veio socorrer outro chefe de quadrilha”, afirma o documento tucano.

    Curtir

  3. Comentado por:

    O Brasil na zona

    Quércia foi o único que morreu. O restante, dezenas, centenas, para infelicidade geral da nação, continuam vivos. Não têm o que explicar, só lamuriar e julgar que somos otários.

    Curtir

  4. Comentado por:

    João Máximo

    Agora o Quércia virou santo para esta turma do PT. Quando vivo era um dos alvos preferidos desta turma.

    Curtir

  5. Comentado por:

    f tavares

    – não é por nada não, mas o pt vive seus piores dias… com seus graúdos desmoralizados, não tem sequer alguém que saiba redigir uma nota de protesto, sem avançar em conceitos bíblicos, como esse de santificar os criminosos mortos. são loucos pra absolver um ladrão…

    Curtir

  6. Comentado por:

    Reynaldo-BH

    Sugiro uma sessão espírita (sem ofensa à religião!) em que Quércia se manisfeste! Se o PT quiser, a gente espera mais um pouco. Quem sabe os que serão ouvidos na sessão não cresçam em número??? Deus me proteja!

    Curtir

  7. Comentado por:

    Marconi Gustavo Pessoa

    Ué! homenagear após a morte pode! Nomear rua, viaduto, escola, ponte, canavial com o nome do camarada pode! Mas trazer a verdade a tona para desmascarar mais um “estadista”-(estadista aqui em Banânia é mato)- não pode? Ah! Tenha paciência!! Ou como diria aqui em BH: ” Do conta não, sô!”

    Curtir

  8. Comentado por:

    Memyself

    Se Quércia era inocente, inocente continua depois e morto. Se era culpado, também nada muda para ele. Já mercadante, vivo estava e vivo continua. Ainda dá para ir para a cadeia.

    Curtir

  9. Comentado por:

    LUG

    A nota tem a marca registrada da ética do PT. A ordem foi esconder o Mercadante atrás do falecido Quercia, alegando “respeito” à memória deste. O Mercadante, que pelo respeito próprio não prima, ficou foi muito satisfeito com o arranjo e a belíssima explicação. Nessas artes, o PT é mestre catedrático. Lula e o resto do bando que o digam.

    Curtir

  10. Comentado por:

    catson aruak

    O passado amplamente conhecido de Quércia servindo de escudo para a vigarista nota do PT, é o fim da picada.

    Curtir