Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ministro da Defesa

“Em homenagem aos princípios constitucionais, peço que se abra vista e que a defesa se manifeste”. Ricardo Lewandowski, ministro do STF, ao defender que os mensaleiros que entraram com embargos infringentes não sejam presos, chamando os advogados dos réus para fazerem o papel que ele tem desempenhado desde o começo do julgamento.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 04h59 - Publicado em 14 nov 2013, 14h21

“Em homenagem aos princípios constitucionais, peço que se abra vista e que a defesa se manifeste”.

Ricardo Lewandowski, ministro do STF, ao defender que os mensaleiros que entraram com embargos infringentes não sejam presos, chamando os advogados dos réus para fazerem o papel que ele tem desempenhado desde o começo do julgamento.

Publicidade