Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Mexeu com eles, mexeu com Rose

O colunista Flávio Ricco publicou no UOL a seguinte nota: Há alguns anos, em 2005 se não me engano, assistindo a um show do Chico Anysio e Tom Cavalcante, “Chico.Tom”, no extinto Olympia, testemunhei um caso que me trouxe ao noticiário de agora. Na ocasião, o Chico, voltando meio que no sacrifício, fez uma piada […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 07h10 - Publicado em 21 dez 2012, 18h53

O colunista Flávio Ricco publicou no UOL a seguinte nota:

Há alguns anos, em 2005 se não me engano, assistindo a um show do Chico Anysio e Tom Cavalcante, “Chico.Tom”, no extinto Olympia, testemunhei um caso que me trouxe ao noticiário de agora.

Na ocasião, o Chico, voltando meio que no sacrifício, fez uma piada do PT, com os protestos de alguém num camarote. Depois de uma ligeira olhada, ele contou outra do Zé Dirceu e a reclamação, do mesmo lugar, cresceu de tamanho. A troca de palavrões de lado a lado foi imediata. O espetáculo parou por alguns minutos, com o humorista bastante irritado no palco e um filho dele, André Lucas, se dirigindo ao tal camarote para botar ordem na casa.

O tempo passou. O Chico lamentavelmente se foi. E foi antes de saber que aquela pessoa, com quem ele se pegou durante o show, era ninguém menos que a Rose. Rosemary Nóvoa Noronha, ex-chefe do escritório da Presidência da República, em São Paulo.

Mexeu com eles, mexeu com ela. Rosemary Noronha merece a vaga que ocupa na lista dos que querem promover Lula a inimputável. Rose está aninhada no Núcleo Doméstico, claro.

Continua após a publicidade

Publicidade