Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Metamorfose ambulante

José Agripino Maia está fazendo um dos discursos mais duros contra a entrada da Venezuela no Mercosul. O motivo principal é a falta de democracia no país de Hugo Chavez. “A cláusula democrática é fundamental”, exclamou há pouco. Beleza. Ele está certo. Mas Agripino apoiou abertamente a ditadura brasileira, tendo sido nomeado pelos militares prefeito […]

José Agripino Maia está fazendo um dos discursos mais duros contra a entrada da Venezuela no Mercosul. O motivo principal é a falta de democracia no país de Hugo Chavez. “A cláusula democrática é fundamental”, exclamou há pouco. Beleza. Ele está certo. Mas Agripino apoiou abertamente a ditadura brasileira, tendo sido nomeado pelos militares prefeito de Natal entre 1979 e 1982.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Alvaro

    Salvo raras exceções os vereadores do PT, em todo o Brasil, são um bando de baderneiros.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Claudio Duarte

    Este e o pt de sempre: hipocrita, mentiroso, enganador, criminoso e sempre atribuindo a responsabilidade a terceiros.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Leonardo X

    Mais uma das 40 nulidades do governo federal, essa ministra Maricotinha não tem competência nem para ser líder de comunidade.

    Curtir

  4. Comentado por:

    Sheila Prass

    lamentável a que ponto chegamos…

    Curtir