Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Mesmo mestre

“Nem na ditadura Paulo Maluf imaginou que poderia colocar dois candidatos no segundo turno. Mas Russomanno e Haddad podem chegar lá”. Carlos Fernandes, presidente do PPS paulistano, sobre a façanha do procurado pela Interpol que, depois de ter ensinado Celso Russomanno a fazer política, agora dá aulas a Fernando Haddad.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 07h45 - Publicado em 29 set 2012, 23h01

“Nem na ditadura Paulo Maluf imaginou que poderia colocar dois candidatos no segundo turno. Mas Russomanno e Haddad podem chegar lá”.

Carlos Fernandes, presidente do PPS paulistano, sobre a façanha do procurado pela Interpol que, depois de ter ensinado Celso Russomanno a fazer política, agora dá aulas a Fernando Haddad.

Publicidade