Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Marqueteiro doidão (3)

“Sou um dos últimos socialistas românticos e um dos primeiros socialistas cibernéticos – ao mesmo tempo utópico e descrente; ao mesmo tempo sério e debochado”. João Santana, marqueteiro do neurônio solitário, comprovando que o criador, pelo menos de vez em quando, consegue superar a criatura.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 05h14 - Publicado em 8 out 2013, 03h56

“Sou um dos últimos socialistas românticos e um dos primeiros socialistas cibernéticos – ao mesmo tempo utópico e descrente; ao mesmo tempo sério e debochado”.

João Santana, marqueteiro do neurônio solitário, comprovando que o criador, pelo menos de vez em quando, consegue superar a criatura.

Publicidade