Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lula foi deposto da Regência da República

Em 23 de novembro, uma segunda-feira, Lula soube que o governo não tem dinheiro em caixa sequer para garantir o cafezinho de dezembro. Na terça, 24, soube que o amigo José Carlos Bumlai virou passageiro de camburão. Na quarta, 25, soube que o companheiro Delcídio do Amaral fizera uma coisa tão imbecil que, além de […]

Delci_dio-e-Lula-conversaram-durante-uma-hora-em-Campo-Grande

Em 23 de novembro, uma segunda-feira, Lula soube que o governo não tem dinheiro em caixa sequer para garantir o cafezinho de dezembro. Na terça, 24, soube que o amigo José Carlos Bumlai virou passageiro de camburão. Na quarta, 25, soube que o companheiro Delcídio do Amaral fizera uma coisa tão imbecil que, além de perder o próprio direito de ir e vir, transferiu para uma cela em Bangu 1 o banqueiro André Esteves. Na quinta, 26, soube que o filho caçula pesca na Wikipedia “trabalhos de consultoria” encomendados por lobistas dispostos a pagar R$ 2,4 milhões por entulhos cibernéticos.

Na sexta-feira, 27 de novembro, Lula soube que Delcídio está pronto para contar o muito que sabe aos condutores da Operação Lava Jato. No fim de semana, soube do vexatório desempenho na pesquisa Datafolha. Se a eleição presidencial fosse realizada agora, seria derrotado por qualquer um dos principais adversários possíveis ─ com uma votação semelhante às obtidas nos duelos com Fernando Henrique Cardoso. O chefe supremo da seita companheira também soube que a corrupção (sinônimo do PT, que é sinônimo de Lula) agora lidera o ranking dos mais aflitivos problemas do país.

Há pouco menos de um mês, o ex-presidente nomeou-se Regente da República, ordenou à rainha sem rumo que fosse brincar de Maria II em outras freguesias e reassumiu ostensivamente a chefia do governo. Os 20 dias seguintes foram consumidos em conluios cafajestes, barganhas repulsivas, meia dúzia de discurseiras para plateias amestradas e duas entrevistas que só serviram para confirmar que faltam álibis para tantos crimes. Alguém precisa dar-lhe a má notícia: por decisão do Brasil decente, o regente da nação foi deposto.

Além de Lula e seu rebanho, ainda não entenderam que o país mudou os integrantes da tribo que repete de meia em meia hora a ladainha exasperante: “Está tudo dominado”. Depois do assombroso 25 de novembro, mesmo os derrotistas profissionais e os vesgos por opção deveriam enxergar a guinada histórica. Naquela quarta-feira, os dominadores decadentes fizeram o que desejavam os antigos dominados, que se tornaram majoritários e hoje têm o bastão de mando ao alcance da mão.

Os movimentos no palco foram impostos pela opinião pública, que traduziu a vontade da imensidão de indignados que exigem o imediato encerramento da era da canalhice. Se tudo estivesse dominado, Bernardo Cerveró não perderia tempo gravando conversas bandidas para municiar a Procuradoria Geral da República, Rodrigo Janot não se animaria a pedir ao Supremo a prisão do senador Delcídio do Amaral, o ministro Teori Zavascki não determinaria à Polícia Federal que engaiolasse o líder da bancada governista na Casa do Espanto. Nem teria o apoio unânime da 2 ª Turma do STF para autorizar, pela primeira vez no Brasil democrático, a captura de um senador no exercício do cargo.

Se tudo estivesse dominado, Delcídio e o banqueiro André Esteves não acordariam com a notícia de que a impunidade chegara ao fim, os senadores endossariam o plano de Renan Calheiros para desmoralizar o Supremo e usariam o voto secreto para libertar o colega encarcerado. Rejeitaram por ampla maioria a votação clandestina e aprovaram as deliberações do STF por saberem que eram mantidos sob estreita vigilância, desde o começo da tarde, por multidões de eleitores grudados na TV. Pouco importa se o roteiro original era outro, é irrelevante saber se os atores agiram a contragosto. A plateia descobriu que manda.

A soma de derrotas amargadas pelos vigaristas tornou inevitável a deposição do regente Lula. Foi a maior maior demonstração de força da oposição real. Pena que tantos vitoriosos ainda não saibam disso.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Nivaldo Mateus

    O Lula está mais sumido que rato de esgoto. A rapidez dos desfechos desfavoráveis ao Lula nos últimos dias pode ser um indicativo que coisa pior virá em breve para ele. Espero que seja a cadeia, que é o que a criatura que tanto mal vem fazendo ao Brasil merece.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Lídia Maria Guetler Frosch

    Lula foi o maior “FIASCO” que o Brasil teve em todo o nosso Regime Presidencial. Um engodo criminoso, que lesou os cofres públicos, pelo qual, o nosso País hoje sofre as consequências.

    Curtir

  3. Comentado por:

    CADEIA

    Já pensou a FESTA que vai ser no Brasil com a prisão do nefasto? Vai ser maior e mais animada que conquista de Copa, vai ser uma glória.. Eu até volto pro Brasil se isso acontecer; muitos pestistas já presos, os “tesoureiros”, o “lider do guvehno” ,mas falta, faltam MUITOS e principalmente o irresponsabilíssimo líder supremo. CHEGA!!! DEMOROU!!!!

    Curtir

  4. Comentado por:

    Otacílio

    Apesar do cenário político que deparamos no momento. O Governo e o Congresso fazem suas articulações políticas barganhando cada ponta de poder existente no Governo Federal, pelas distribuição das pastas. Enquanto, no Congresso ganham a vida com aprovação de leis com custos elevados a quem visa buscar uma vantagem na sua atividade empresarial.
    Ao final todos enriquecem intensamente com o dinheiro público. Acredito que estas prisões e investigações apesar de aplicadas seriamente terminarão com absolvição e acordo para não comprometer mais parlamentares e não complicar a imagem do Brasil no exterior.
    Pois, o povo será feito de bobo novamente e mundo a fora confirmará novamente que este país não leva nada a sério, é corrupto em sua gestão, instável economicamente.
    Esse é o raio X final sobre o governo da República Federativa do Brasil

    Curtir

  5. Comentado por:

    antonio

    Rezo toda noite para que este governo caia, que todos os integrantes desta quadrilha seja presa, encarcerada por longos anos,rezo ainda para que NOSSA PÁTRIA, volte a ostentar os dizeres em sua bandeira ORDEM E PROGRESSO.

    Curtir

  6. Comentado por:

    Revoltado

    Não adianta prender só a besta. Tem que colocar na cadeia a família toda, pois ele já está deixando a neta como legado. Sou a favor de a câmara tirar a Dilbesta do poder com novas eleições e novos candidatos para todos os cargos. Também sou a favor de concurso público para político, e que o mesmo tenho no mínimo duas faculdades, administração e contabilidade ou direito.

    Curtir