Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lula desmoraliza o berreiro dos devotos

O ex-presidente presidiário comunica que prefere a gaiola

Por Augusto Nunes - 3 out 2019, 20h05

Há pouco mais de um ano, Lula promoveu um carnaval temporão para escapar da cadeia. Agora, resolveu promover outro para ficar na gaiola. Os devotos do PT passaram os últimos meses repetindo aos berros a inscrição estampada nas camisetas: ‘Lula Livre’.

Terão de acrescentar algumas palavras para atualizar a palavra de ordem subitamente revogada pelo chefe. “Lula livre da tornozeleira”, por exemplo. Ou “livre de trabalhar”. Ou “livre de pagar a multa”. Outra opção é a seita recomeçar a gritaria pelo avesso.

Em vez de Lula Livre, passaria a berrar hora Lula Preso.

Publicidade