Clique e assine a partir de 8,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Homem de bem

“Meu público sempre foi feminino, tanto na música, como na TV. As mulheres são 80% da demanda do meu gabinete que me procuram para tratar de agressões e abusos. Elas sabem da minha história, do que aconteceu com minha ex-mulher, e admiram o fato de eu ter admitido que cometi um erro e que tento […]

Por Augusto Nunes - Atualizado em 31 jul 2020, 12h20 - Publicado em 8 abr 2011, 06h24

“Meu público sempre foi feminino, tanto na música, como na TV. As mulheres são 80% da demanda do meu gabinete que me procuram para tratar de agressões e abusos. Elas sabem da minha história, do que aconteceu com minha ex-mulher, e admiram o fato de eu ter admitido que cometi um erro e que tento reparar. Achei que seria uma grande contribuição desenvolver um projeto que representasse as mulheres”.

Netinho de Paula, vereador pelo PC do B de São Paulo, sobre a ideia que teve de criar o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, explicando que no peito de um pugilista amador especializado em nocautear mulheres também bate um coração.

Publicidade