Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Gilberto Carvalho, Valdemar Boy e Vagner da CUT abrem a disputa pelo troféu de outubro

Homiziado em lugar incerto e não sabido desde que foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo Supremo Tribunal Federal, o deputado mensaleiro Valdemar Costa Neto determinou a um comparsa que deixasse o esconderijo em Mogi das Cruzas para formalizar sua inscrição na disputa do título de Homem sem Visão de Outubro. “O […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 07h36 - Publicado em 18 out 2012, 17h14

Homiziado em lugar incerto e não sabido desde que foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo Supremo Tribunal Federal, o deputado mensaleiro Valdemar Costa Neto determinou a um comparsa que deixasse o esconderijo em Mogi das Cruzas para formalizar sua inscrição na disputa do título de Homem sem Visão de Outubro. “O chefe ficou entusiasmado quando descobriu que quanto mais suja for a ficha maior é a chance de ganhar o troféu”, confidenciou o emissário, que usava óculos escuros e cobria parte do rosto com um guardanapo da grife Fernando Cavendish.

A candidatura de Valdemar, vulgo Boy, tornou-se questão de tempo quando o conhecido caso de polícia enxergou na Corte Interamericana de Direitos Humanos, subordinada à OEA, um tribunal hierarquicamente superior ao STF. “Ele acha que vai escapar da temporada na cadeia”, contou o comparsa do campeão. “Mas vai continuar foragido enquanto não souber como ficou uma tal de dosimetria”. Se chegar à enquete, Boy pretende recorrer a tribunais do Irã e da Síria.

“O chefe só enxerga motivos para sentir dor”, informou um dos 39 assessores de Gilberto Carvalho acampados no porão de uma casa abandonada em Santo André. Portador de um tipo raro de disfunção visual, o secretário-geral da Presidência e caixa-preta do PT viu em Celso Daniel uma vítima da criminalidade urbana e agora vê em José Genoino um inocente massacrado pela mídia golpista. “Ele sugeriu à presidenta que decrete luto oficial no dia em que os companheiros forem engaiolados”, revelou o assessor, que se negou a revelar o nome.

Vagner Freitas, presidente da Central Única dos Trabalhadores, foi o último a inscrever-se nesta quinta-feira. Encarregado de entregar a papelada, um dos 28 diretores da CUT disse que o chefe aproveitou a oficialização da candidatura para divulgar outro manifesto. “Nunca enxerguei um mensaleiro”, informa a primeira linha. Freitas também não vê no STF um tribunal isento. Segundo o emissário do superpelego, o chefão da CUT acha que, com exceção de Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli, todos os ministros são loiros de olhos azuis, inclusive Joaquim Barbosa.

A disputa pelo Troféu Homem Sem Visão de Outubro começou, leitores-eleitores! Valdemar Costa Neto, Gilberto Carvalho e Vagner Freitas já trocam socos e pontapés na briga do primeiro turno!  Para inscrever seu candidato, basta declinar seu nome no comentário enviado a esta seção! Quem merece o troféu? Que vença o pior!

Continua após a publicidade

Publicidade